Translate

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Linguagem de programação

Atualmente, encontramos uma grande variedade de linguagens de programção, entre as mais comuns, podemos citar:

- C
- C++
- Assembly
- Basic
- LADDER entre outras ...

cada fabricante tem uma ou mais opções, principalmente os CLP's. Vale lembrar que o LADDER nada mais é do que uma forma de dar uma cara para o ambiente de programação; no final tudo vira linguagem de maquina.

Este post vai apresentar uma nova aplicação para um equipamento. Basicamente estamos falando de um controlador de demanda, que nada mais é do que um CLP que recebeu um firmware dedicado para uma determinada função. O ambiente de programação fica mais simples e amigavel, com isso o uso é especifico.


Para quem conhece o funcionamento de um controlador de demanda, sabe que basicamente, a plicação é a seguinte:

Leitura dos pulsos da concessionária;
Mensurar a demanda com base nas informações anteriores;
Atuar com o descarte de carga se necessário.


Com o passar do tempo, apresentou-se a necessidade de ter mais informações, tais como, medições setorial para rateio, leituras de utilidades, seja por sinal digital ou analógico. Para tal fim, os controladores de demanda foram agregando funções. Alem de um canal de comunicação ABNT-CODI e um cartão de saídas de controle, é possível encontrar equipamentos com entradas digitais e analógicas, porta ETH, RS-232, RS-485, GSM entre outras. A aplicação que veremos no video abaixo, é com o equipamento HX900.

 Este hadware possui um ambiente de programação avançado, que disponibiliza uma linguagem escrita conhecida como HXVM. Esta aplicação extra, permite avivar a criatividade e personalizar a aplicação do equipamento.

Neste caso em especial, a ideia foi a seguinte: 

Utilizar as entradas de pulso para ler status e definir um novo parametro de controle para a demanda, com isso, foi possível alternar o controle de demanda entre a concessionária e o grupo gerador. Com um detalhe, quando falamos em grupo gerador, estamos considerando cinco maquina de 200KW cada uma, desta forma o controlador vai ter que identificar a quantidade de geradores em operação e definir um novo set point de demanda para controle.

O código fonte está no video.

Para facilitar o entendimento veja o video abaixo:




Abaixo a tabela exemplifica a lógica utilizada no programa.